Home Brasil produz mais de 5 gigawatts de energia solar

Blog

26 de abril de 2020

Brasil produz mais de 5 gigawatts de energia solar

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) acaba de divulgar que o Brasil ultrapassou 5 gigawatts (GW) de potência operacional em energia solar fotovoltaica em usinas de grande porte e pequenos e médios sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos.

O levantamento mostra ainda que a tecnologia é uma das estratégias na recuperação da economia após passar a pandemia do coronavírus, pois tem um grande potencial de geração de empregos, renda e atração de novos investimentos ao País.

Além dessa quantidade de potência instalada, a energia solar já gerou cerca de 130 mil empregos acumulados, com aproximadamente 15 mil empresas atuando no mercado e uma quantidade de mais de R$ 26,8 bilhões em novos investimentos privados no País.

De acordo com Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, o segmento de energia solar é um dos mais importantes para alavancar as metas de desenvolvimento econômico do País, sobretudo para ajudar na recuperação da economia após a pandemia. “Este é um setor que naturalmente gera empregos no mundo”, indica.

A análise do executivo está calcada na situação ocorrida nas crises de 2015 e 2016, quando o Produto Interno Bruto brasileiro foi negativo em 3,5 %, mas o setor de energia solar fotovoltaico cresceu mais de 300% ao ano. “Os números demonstram que o setor ajudou a recuperar a economia brasileira. “Agora, passada a fase mais aguda da atual pandemia, a energia solar fotovoltaica irá novamente alavancar a recuperação do Brasil. A solar será parte da solução, tanto para a nossa sociedade, quanto para o meio ambiente”, comenta Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR.

Considerada a sétima maior fonte de geração do Brasil, as usinas solares de grande porte já somam 92 empreendimentos em operação em nove estados, sendo no Piauí, Ceará, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo e Tocantins. O investimento acumulado até o momento é de cerca de R$ 14 bilhões.

No setor de geração centralizada, o Brasil possui 2,68 gigawatts (GW) de potência instalada em usinas solares fotovoltaicas, o equivalente a 1,5% da matriz elétrica do País. Os investimentos totais previstos até 2025 referentes aos projetos já contratados em leilões de energia ultrapassam R$ 25,8 bilhões. Em 2019, a fonte foi a mais competitiva entre as fontes renováveis nos dois Leilões de Energia Nova, A-4 e A-6, com preços-médios abaixo dos US$ 21,00/MWh.

E na geração distribuída, são 2,42 gigawatts de potência instalada da fonte solar fotovoltaica, que representam R$ 12,8 bilhões em investimentos acumulados desde 2012, distribuídos pelas cinco regiões nacionais. A tecnologia é utilizada atualmente em 99,8% de todas as conexões distribuídas no País.

Fonte: Portal Solar

SOLICITE UM ORÇAMENTO GRÁTIS

Sua casa, empresa, condomínio ou propriedade rural podem agora produzir sua própria energia elétrica através da instalação de um sistema de energia solar fotovoltaica.

FAZER ORÇAMENTO

PRINCIPAIS MARCAS

Atendimento